ESPORTE – Carille faz elogios a Romero e diz que Corinthians hoje tem 11 titulares definidos

Técnico diz que deve ter Jadson e Rodriguinho contra o Botafogo-SP, compara Romero a Jorge Henrique e acredita que encontrou sua formação ideal
ESPORTE - Carille faz elogios a Romero e diz que Corinthians hoje tem 11 titulares definidos
ESPORTE – Carille faz elogios a Romero e diz que Corinthians hoje tem 11 titulares definidos

O retorno de Fagner para a lateral direita deve ser a única novidade no Corinthians que enfrenta o Botafogo-SP, domingo, às 16h, em Itaquera, na segunda partida das quartas de final do Paulistão. Com Rodriguinho (dores no joelho esquerdo) e Jadson (dores na coxa esquerda) em boa evoução clínica, Fábio Carille deve ter seu time ideal em campo. Nesta sexta, os dois trataram no CT Joaquim Grava.

– Estando em condições, os dois vão para o jogo. Não vou poupar ninguém. Do jeito que o Rodriguinho se apresentou hoje, as chances são enormes de ele ir para o jogo – disse Carille, em entrevista coletiva nesta sexta-feira.

Na conversa com os jornalistas, o treinador admitiu que, hoje, tem 11 jogadores titulares definidos: Cássio, Fagner, Balbuena, Pablo e Guilherme Arana; Gabriel e Maycon; Jadson, Rodriguinho e Romero; Jô.

Fábio Carille conversa com o médico Ivan Grava no CT (Foto: Daniel Augusto Jr./ Agência Corinthians)

Fábio Carille conversa com o médico Ivan Grava no CT (Foto: Daniel Augusto Jr./ Agência Corinthians)

– No momento, sim (temos 11 titulares). Futebol muda toda semana, com jogadores que se apresentam bem. Aconteceu do Kazim entrar no lugar do Jô, depois Jô no lugar do Kazim. Eu estimulo isso. Deixo em aberto, Clayton entrou bem no jogo, jogador de velocidade, profundidade. Estamos sempre abertos para outros jogadores – destacou o treinador.

Questionado por parte da torcida, o atacante Romero conta com o prestígio da comissão técnica e dos companheiros. Sua doação em campo e sua entrega tática fazem dele um jogador imprescíndível no esquema tático do Corinthians, mesmo tendo marcado apenas um gol no ano.

– Romero é um jogador que visa a área, maior artilheiro da arena (17 gols), cumpre função, jogador que a torcida gosta porque não desiste de nenhuma bola, como um Jorge Henrique. No jogo contra o Palmeiras foi fundamental, tiramos ele aos 40 do segundo tempo porque não dava mais, essa entrega a gente tem que valorizar – explicou o treinador.

Os jogadores iniciam regime de concentração na noite de sexta e fazem o último treino na manhã de sábado. Com um 0 a 0 em Ribeirão Preto, o Corinthians precisa vencer o Botafogo-SP para conseguir a classificação no tempo normal. Um novo empate leva a decisão para os pênaltis.

 globo.com
Montagem criada Bloggif

SEM COMENTÁRIO