Planejamento estratégico de turismo de Ouro Preto do Oeste envolve sociedade civil

0
67
Planejamento estratégico de turismo de Ouro Preto do Oeste envolve sociedade civil
Planejamento estratégico de turismo de Ouro Preto do Oeste envolve sociedade civil

17 de novembro de 2017 | Governo do Estado de Rondônia


Pensado e planejado pela sociedade civil. Assim foi construído o Planejamento Estratégico de Turismo da Estância de Ouro Preto do Oeste. Durante três dias – 8 a 10 de novembro, representantes do poder público, empresários do segmento turístico, entidades da sociedade civil, estudantes do ensino médio e universitários debateram sobre os pontos fortes e fracos da região para deliberarem sobre as ações baseadas nos princípios da sustentabilidade econômica, ambiental, sociocultural e político-institucional, para os próximos cinco anos.

Oficinas foram realizadas durante três dias

As oficinas de planejamento Estratégico de Turismo são realizadas pelo Conselho Empresarial de Turismo e Hospitalidade de Rondônia (Conetur) da Federação do Comércio (Fecomércio) em parceria com Superintendência Estadual de Turismo (Setur).

O modelo de gestão descentralizada do turismo, implantado no País pelo Ministério do Turismo apoiado por seus parceiros, proporciona que cada região e município busquem suas próprias alternativas de desenvolvimento, de acordo com suas realidades e especificidades. O que propõe o modelo de Regionalização do Turismo como diretrizes políticas e operacionais para orientar o processo do desenvolvimento turístico, com foco na regionalização.

Ouro Preto do Oeste é a única estância turística do estado de Rondônia, certificada em 2013, pela Setur . Entre os atrativos turísticos estão: Morro Chico Mendes que com o apoio do Governo estadual tornou-se mais acessível graças a pavimentação da Estrada, a praça dos Imigrantes, O vale da Cachoeira e o Parque do Bosque que foi construído pelo governo estadual, além de belos hotéis fazenda instalados na região.

O superintendente estadual de Turismo, Julio Olivar, que trabalhou junto com a população durante todas as oficinas, destacou a importância do planejamento e a participação da sociedade, que de acordo com ele, é o que se espera que cada cidade turística planeje e decida seu próprio futuro, de forma participativa e respeitando os princípios da sustentabilidade econômica, ambiental, sociocultural e político-institucional.

“Nosso objetivo foi alcançado. Através dessas oficinas construímos um ambiente democrático, harmônico e participativo entre poder público, iniciativa privada, terceiro setor e comunidade. A ação promoveu a integração e cooperação Inter setorial, com vistas à sinergia na atuação conjunta entre todos os envolvidos direta e indiretamente na atividade turística da região”, afirmou Olivar.

Para o superintendente, o turismo é uma área importante para a economia, gerando novos postos de trabalho, consequentemente o aumento da produção e da renda, a melhoria de qualidade de vida das famílias e a conservação do meio ambiente são algumas das conseqüências esperadas como resultado. “Ouro Preto do Oeste tem a primazia de ser o único município que tem o status ser uma estância turística reconhecida por força uma lei estadual”, afirmou.

A coordenadora do Conetur, Cláudia Moura, que ministrou as oficinas, disse que ficou surpresa e satisfeita com a participação maciça da juventude no planejamento estratégico de Turismo da região. “Os jovens foram muito importante nesse processo, contribuindo de forma significativa . Eles nos surpreendeu, mostrando que além do futuro, realmente é um presente aqui de Ouro Preto. Importante que o Poder Público ouça mais esse seguimento para tomar as decisões mais acertada”, salientou.

De acordo com Cláudia, o Plano Estratégico de Turismo consolidado será apresentado à população de Ouro Preto dia 7 de dezembro. “ O grau de cooperação entre todos e a formação de parcerias foram de importância fundamental para o sucesso da implementação desse plano”.

A professora da rede pública  Joacilda Andrade Freire afirmou que as oficinas ofereceram oportunidade aos jovens de participarem do processo de construção do Planejamento Estratégico de Turismo da região, ocasião em que eles tiveram o direito de apresentar as falhas e apresentar sugestões.

Aluno da escola 28 de Novembro, Esnefero Rodrigues também ressaltou a oportunidade dos jovens participarem das decisões que envolvam o desenvolvimento sócio econômico de sua cidade. “Ouvir os jovens foi extremamente importante para o desenvolvimento turístico da nosso município e para as práticas públicas do estado e da cidade, porque é através delas podemos fazer um engajamento melhor entre os jovens e a política”.

A aluna do ensino médio da escola Aurelio Buarque Priscila Daiane Tavares Ramos ressaltou o potencial turístico do município e região e chamou a atenção para a falta de transporte público e iluminação e pediu mais segurança.

A acadêmica de administração em contábeis Jaiane Andrade elogiou o espaço aberto aos adolescentes para debater o futuro turístico da região. “Foi interessante a participação dos adolescentes na oficina. Eles se mostraram engajados na causa, colocando suas sugestões para melhorar nossa Estância Turística”.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here