Acusado de estuprar adolescente de 14 anos é morto em Vilhena, RO

0
309
Acusado de estuprar adolescente de 14 anos é morto em Vilhena, RO
Acusado de estuprar adolescente de 14 anos é morto em Vilhena, RO

O corpo de um apenado de 41 anos, que foi morto com cinco tiros na frente da namorada, deve ser sepultado neste domingo (19) em Vilhena (RO), no Cone Sul. O homem cumpria pena em regime semiaberto por estuprar uma adolescente de 14 anos em 2012. Ele foi assassinado na frente da namorada no final de semana.

A execução aconteceu no momento em que o casal frequentava um bar na Avenida José do Patrocínio, no Bairro São José, na última sexta-feira (17). De acordo com o boletim de ocorrência, a vítima teria discutido no local com dois homens, por motivos não informados. Em seguida, a dupla saiu.

Porém, um deles retornou minutos depois com um revólver e efetuou seis disparos na tentativa de acertar a vítima.

O apenado foi baleado, ainda tentou fugir, mas não resistiu aos ferimentos e caiu na calçada. O suspeito evadiu-se com um indivíduo, que já o esperava em uma motocicleta.

Quando o Corpo de Bombeiros chegou na cena do crime, encontrou a vítima em estado de óbito. Foi constatado que o homem levou três tiros nas costas, um no queixo e o outro na cabeça.

A Polícia Militar (PM) fez buscas, mas não encontrou os suspeitos. O assassinato foi registrado na Unidade Integrada de Segurança Pública (Unisp). A Polícia Civil deve investigar.

Conforme a funerária, o corpo do homem é velado desde sábado (18) e será sepultado no cemitério da cidade ainda neste domingo.

Ficha criminal

Em maio de 2014, o homem, que na época era motorista de transporte escolar, teve prisão preventiva decretada pela Justiça pela suspeita de ter estuprado uma adolescente de 14 anos.

Segundo o boletim de ocorrência, no dia 18 de abril a vítima estava com o namorado na Avenida Sabino Bezerra de Queiroz, no Bairro Jardim Eldorado, quando o suspeito chegou de motocicleta, se identificou como policial e disse que os dois deveriam sair do local, pois eram suspeitos de terem furtado objetos de um hotel próximo do local.

No mês seguinte, com parecer favorável do Ministério Público de Rondônia (MP-RO), o motorista foi detido. Ao ser interrogado, ele confessou ter praticado outros três estupros.

“Ele contou que fica incontrolável ao ver um casal namorando ou tendo um toque mais íntimo e depois que a mulher fica sozinha ele mantém relação sexual à força com ela”, afirmou a delegada Solângela Guimarães, ao G1, na época.

O homem foi condenado pelo crime e ficou preso até maio de 2017. O processo criminal segue em segredo de Justiça.

Por Aline Lopes, G1 Vilhena e Cone Sul

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here